João Paulo Casarotti

Artigos Acadêmicos- English
Artigo: Chopin the Teacher
DMA Dissertation - LSU

O pianista e pedagogo brasileiro João Paulo Casarotti obteve o Doutorado em Piano Performance pala Louisiana State University, Mestrado em Performance Pianística e em Pedagogia do Piano na Temple University, o Mestrado em Pedagogia do Piano pela University of North Dakota, o Bacharelado em Piano pela Universidade de São Paulo, o Diploma de Piano da Escola de Música “Maestro Ernt Mahle” de Piracicaba, e o Certificado de Performance da Academia Nacional de Música de Sofia (Bulgária). Casarotti mantém uma atividade intensa como intérprete, pesquisador, pedagogo e palestrante. Entre seus professores estão Michael Gurt, Sheila Paige, Maria Del Pico Taylor, Dr. Mauricy Martin, Dr. Sergio Gallo, Victor Tchouchkov, Marisa Lacorte, Cecilia Bellato, Conceição Cazelatto e Olga Normanha. 

Dr. Casarotti se apresentou com solista e camerista no Brasil,  Estados Unidos, Tailândia, Taiwan, Coréia do Sul,  Bulgária, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai. Ele atuou ainda com orquestra no Brasil e nos Estados Unidos. Casarotti foi Diretor Artístico das séries “Ernst Mahle in America” (2009) e “Villa-Lobos in America” (2010). Ele organizou concertos integrando essas séries na Rock Hall (Temple University, Philadelphia), na Steinert Hall (Boston) e na Steinway Hall (New York).

Casarotti é um importante pesquisador da obra pianística de Ernst Mahler e desenvolve um projeto para tornar a música de Mahle mais acessível para o público. Casarotti apresentou palestras na Hawaii International Conference of Arts and Humanities, na Temple University MTNA Chapter, na Northern Delaware Valley Chapter of the Music Teachers Association, e na Pennsylvania State Conference of the Music Teachers Association.

Casarotti especializou-se na Taubman  technique e estudou sob orientação de Maria Del Pico Taylor e Dorothy Taubman. Ele se tornou o editor do Booklet of Musical Examples do Taubman Seminar na Temple University e serviu como assistente no Taubman Seminar por três anos. Casarotti foi nomeado recentemente como docente no Keyboard Wellness Seminar na University of North Texas e estuda atualmente com Sheila Paige.

Em 2009 Casarotti começou uma pesquisa para criar um estúdio online para o ensino do piano. Desde então ele leciona à distância a partir de locações diversas como Pennsylvania, New Jersey, New York, Louisiana e Brasil. Casarotti criou o estúdio online de piano da Southern University em 2013. Essa iniciativa tem sido um recurso fundamental para o currículo de música da Southern University. Ele se tornou um consultor para estúdios privados e universidades na Louisiana, em New Jersey, Pennsylvania, New York e Brasil e veme apresentando palestras e workshops em conferencias como a National Conference of Piano Pedagogy e  National Conference da Music Teachers National Association

Na temporada de 2014 Casarotti esteve no Brasil para apresentar uma série de recitais e masterclasses e atuar como solista para a comemoração do 85º aniversário do compositor Ernst Mahle com a Orquestra Filarmônica Jovem de Piracicaba. Casarotti também foi solista no mesmo ano da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto e da Louisiana State University Orchestra.  Participou de uma turnê pela Asia passando pela Coréia, Tailândia e Taiwan. Casarotti foi júri do 2014 International Piano Examination Committee (IPPEC) em Taiwan e ouviu mais de 1700 pianistas.

Casarotti tem uma intensa carreira como pedagogo tanto no Brasil como nos Estados Unidos. Ele trabalhou por quatro anos na Temple University e na Temple Prep School, onde ministrou aulas em Pedagogia do Piano, Piano em Grupo e Aulas Práticas Aplicadas. Atualmente, Casarotti é Assistant Professor em Piano e Pedagogia do Piano e Coordenador de Área de Piano na Southern University em Baton Rouge, LA.

 

vídeos

Clelia Iruzun

www.cleliairuzun.com

A feliz junção do colorido espírito brasileiro e musicalidade espontânea firmou Clélia Iruzun, como uma das artistas mais interessantes, no cenário mundial, nos últimos anos. Vivendo sua infância na atmosfera culturalmente rica e diversificada da cidade do Rio de Janeiro, aos quatro anos, já iniciara seus estudos de piano. Aos sete anos conquistara seu 1º Concurso de Piano, debutando com orquestra aos 15, com o Concerto de Grieg. Logo após, a mestra altamente respeitada - Maria Curcio – concedeu-lhe então uma bolsa de estudos em Londres, onde cursou brilhantemente a Royal Academy of Music graduando-se com o prestigioso Recital Diploma. Estudou também com Noreta Conci Leech e a insigne professora brasileira, radicada em Paris - Mercês de Silva Telles, - que a levou à descoberta de seu estilo definitivo.  Grandes pianistas como Stephen Kovacevich e Fou Ts’Ong, além de seus compatriotas - Jacques Klein e Nelson Freire - incluem-se como seus mentores. Os grandes compositores: Francisco Mignone dedicou-lhe uma bela Suite para piano e mais recentemente,  Marlos Nobre.

Clélia é detentora de inúmeros prêmios no Brasil e na Europa, distinguindo-se entre outros: Tunbridge Wells (Inglaterra), Paloma O’Shea em Santander e Pillar Bayona em Zaragoza (Espanha). Como solista em recitais e orquestras, vem atuando pela Europa, Américas e Ásia. Já excursionou como solista pela maiores cidades da China, tocando inclusive, no Grande Theatro de Xangai, Hangzhou, Ningbo e na exclusivíssima Sala de Concertos da Cidade Proibida em Pequim. Seu recital em Xangai foi votado um dos dez melhores concertos do ano. Fez uma tournée à China com o Coull Quartet e tocou com eles também no Reino Unido, no Southbank Centre e na Universidade de Warwick.

Apresenta-se, outrossim, com freqüência nas maiores salas de concerto de Londres: Wigmore Hall, Purcell Room, Queen Elizabeth Hall no Southbank Centre, St John’s Smith Square e em importantes Sociedades Musicais, por todo o Reino Unido. Tournées já foram realizadas no Canadá, Estados Unidos, França, antiga Iugoslávia, Polônia, República Tcheca, Espanha, Portugal e na Escandinávia. Clélia visita o Brasil com frequência, apresentando-se em recitais ecom orquestras, nas melhores salas do país e em festivais como o Festival de Campos do Jordão e Folle Journée. Estreou, com sucesso no Brasil, obras de compositores ingleses como Arnold Bax e York Bax.

Já solou com várias orquestras no Brasil e na Europa, entre as quais a Poznan Philharmonic e Artur Rubinstein Symphony Orchestra na Polonia, a Vasteras Sinfonietta, Boras Symphony Orchestra e Kristiansand Symphony Orchestra na Escandinávia, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, a Royal Philharmonic Orchestra, a London Soloists Chamber Orchestra, Lontano Chamber Orchestra e BBC Scottish Symphony Orchestra no Reino Unido. No Brasil, Clélia tocou com a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, Orquestra Filarmonica de Minas Gerais, Petrobras Sinfônica, Cia. Bachiana Brasileira, Orquestra Sinfônica de Brasilia, Orquestra Sinfônica de Santo André, Orquestra Sinfônica da Bahia, Orquestra Filarmônica do Espírito Santo, etc...

Ela já fez várias estreias de obras brasileiras no exterior, incluindo o Quinteto para Piano de Henrique Oswald, Iara de Franciso Mignone para Piano e Quarteto de cordas, o Octeto de Villa-Lobos, a Sonata para piano de João Guilherme Ripper, Desafio para Piano e Violão e a Sonata Breve de Marlos Nobre, a Sonatina para Piano e Violao de Radames Gnattali em salas no Southbank e no Wigmore Hall, assim como Concertos para Piano como a Fantasia Brasileira No.3 de Francisco Mignone na Noruega com a Kristiansand Chamber Orchestra, em Londres com a Lontano Orchestra e na Polônia com a Filarmônica de Poznan, onde tambem estreou o Concertante do Imaginário de Marlos Nobre.

Em suas gravações, sempre prestigia especialmente a música sul-americana:  Villa-Lobos (1992, Meridian Records, relançado em 2005), Latin American Dances (1999, Intim Musik), The Waltz Album, com famosas valsas de compositores românticos e brasileiros (2001, Intim Musik), Brazilian Mosaic,  (2003, Lorelt), Lecuona (2005, Lorelt). Seu CD ,com os Concertos para piano Nº1 e o Concerto para piano e violino de Mendelssohn, juntamente com o regente/violinista Joachim Gustafsson (1999, Intim Musik) escolhido, por votação, a melhor gravação do Concerto Duplo pela Rádio Sueca. Seu CD Francisco Mignone, Piano Music, gravado pela Lorelt obteve excelentes críticas nas melhores revistas, tais quais: BBC Music Magazine, Gramophone e Classic FM.  Seu três ultimos CDs  Elizabeth Maconchy Orchestral Music (2011, Lorelt), no qual executa o Concertino para “piano e small orchestra” com a BBC Scottish Symphony Orchestra e outros dois, com musica para piano de Marlos Nobre (2012, Lorelt) e do compositor catalão Federico Mompou (2012, SOMM) vem recebendo excelentes criticas. Em 2014 lancou o CD Golden Years (Meridian Records) com o flautista Marcelo Barboza. Em 2015 Clelia lançou o CD “Portrait of Rio” com musica de Ernesto Nazareth (Lorelt) e no inicio de 2016 o segundo volume das obras para piano de Federico Mompou (SOMM) que foi selecionado pelo Sunday Times como um dos melhores lançamentos do mês.

Clelia é casada com Renato e tem dois filhos, Raphael e Maria Clara. Apesar de residir em Londres, visita o Brasil duas ou três vezes por ano, e, no seu tempo livre aprecia Filosofia, Cinema, Artes Plásticas e gosta de cozinhar.

Clelia também cursou Filosofia no Birkbeck College, University of London, recebendo seu Mestrado em 2013.

Sheila Paige

How Motion Affects Sound

Diretora executiva e fundadora do Piano Wellness Seminar, hoje o Keyboard Wellness Seminar, tem mais de 35 anos de experiência com o trabalho de Dorothy Taubman e uma extensa atuação com Técnica de Alexander. Foi membro do corpo docente do Taubman Institute e atualmente é docente do Dorothy Taubman Seminar. Sua reputação como professora atrai pianistas de todos os Estados Unidos e também a faz requisitada regularmente para viajar para ensinar nas cidades de Dallas, Austin, Knoxville, Nashville, Memphis, Pittsburgh, Cleveland, Raleigh, Charlotte, Clearwater e Phoenix. Foi docente na Immaculata University e no Chestnut Hill College na região da Filadélfia e é hoje docente na Cleveland State University. Muitos de seus ex-alunos são hoje professores universitários e artistas que atuaram com inúmeras orquestras, tais como Vienna Philharmonic e Pittsburgh Symphony.

Sheila Paige ganhou reconhecimento internacional como palestrante e ministrante de masterclasses, incluindo as do Taubman Symposium no Selangor Institute of Music em Kuala Lumpur, na Malásia. Recentemente apresentou palestras em Dallas, Charlotte, Albuquerque, Phoenix, Cherry Hill, NJ, na University of Memphis, Southern Methodist University, Dallas Baptist University, Duquesne University, Oberlin College, North Carolina School of the Arts, Clearwater Christian College, na University of Texas at Tyler, e Vanderbilt University. Paige também apresentou seu trabalho em várias conferências: Oklahoma Music Teachers em junho de 2005, Music Teachers Association na California em julho de 2005, Texas Music Teachers Association em junho de 2006 e 2009, e California Association of Professional Music Teachers em fevereiro de 2007. Apresentou-se também na Piano Celebration, Metro State College (Denver), na University of North Texas, Meredith College, Cleveland State University, Dallas Music Teachers Association, Pittsburgh Music Teachers Association, Cary-Apex Music Teachers (Carolina do Norte), Raleigh Piano Teachers, Main Line Music Teachers Association (Pensilvânia), e Jacobs Music (loja Steinway, Cherry Hill, Nova Jérsei). Em junho de 2009 foi a principal palestrante convidada na University of Oklahoma, Pedagogy Seminar for Piano Teachers. Em julho de 2010, Sheila Paige apresentou na convenção National American Guild of Organists em Washington D. C. Paige também foi a principal palestrante convidada na
convenção estadual do South Carolina Music Teachers Association em novembro de 2010 e foi
também consultora convidada na convenção Kansas State Music Teachers Association em junho de 2013.

Atuando frequentemente como performer, Sheila Paige apresentou recitais e ao lado de orquestras tanto localmente quanto nacionalmente nos EUA. Como camerista, apresentou-se no Avery Fisher Hall no Lincoln Center, e suas performances solo já foram ouvidas na rede
nacional de rádio dos EUA.

 

Vídeos

 
 

Dr. Ana María Orduz-Espinal

www.pianissimo.com.co
orduz-garcia.com

Colombian pianist Ana Marìa Orduz-Espinal has performed in festivals such as ¨Piano Extravaganza¨, ¨Liszt Festival¨, International Clarinet Fest (USA), ClarinFest y ClarinSax Eafit, Festival Internacional de Clarinete de Bogotá, Festival Internacional de La Cultura de Tunja, Festival Internacional de Piano de Bucaramanga, Festival Internacional de Piano de Barrancabermeja, Festival Nacional de Piano UNAC (Colombia), Kota Kunabalú Music Festival, Malaysian Youth Music Festival (Malaysia), and the Zamorellis Concert Series in Chile. She has performed as a soloist with the Medellín Philharmonic, Eafit Symphony, University of Memphis Symphony Orchestra, Amadeus Foundation Orchestra, Camerata UdeA, UDEA Symphonic Band and the IMDE Chamber Orchestra. Dr. Orduz had her Carnegie Hall Debut in 2016 in the Amazonas Concert Series; she has performed in Colombia, Italy, USA, Chile, Malaysia and Singapore.

Dr. Orduz has been the recipient of many awards and scholarships, including first place in the Città di Padova international competition (Italia) with the Betancur-Orduz piano duo and also in the concerto competition at the University of Memphis (USA). She was awarded several scholarships such as the Berl Olswanger, the Herbert Herman Memorial, the Carolina Oramas from Icetex, the Beethoven´s Club, the Cartagenas International Music Festival, grants from the Colombian government and the University of Iowa Research Fellowship among others. She was also awarded full scholarships to obtain her undergraduate degree at the University of Memphis where she graduated Suma Cum Laude and studied with Joan Gilbert, to obtain her Masters and Doctorate degrees at the University of Iowa where she studied with Dr. Réne Lecuona and Dr. Alan Huckleberry, to attend the piano summer program at Chautauqua Institution four times and the Mammoth Lakes summer music program two times where she studied with Rebecca Penneys, Joel Shoenhals, Paulina Zamora and John Milbauer. Her interest in piano pedagogy has allowed her to present workshops at national and state conferences in the USA, Malaysia and Colombia. She is the founder and director of the Pianissimo Foundation that organizes four concert series, pedagogy workshops and the largest piano Festival-Competition in Colombia (www.pianissimo.com.co).

Her discography includes ¨Día de diciembre¨ released in 2012 with Colombian Tenor Diver Higuita and ¨Portraits of Colombia¨ recorded in 2015 with the duo Orduz-Garcia founded in 2012 with clarinetist Jose Garcia-Taborda (orduz-garcia.com and Facebook: ORDUZGARCIA).

Ana Maria Orduz-Espinal is an associate professor and the head of the Piano Department at the University of Antioquia as well as a piano professor at EAFIT University in Medellin, Colombia. She taught at the University of Iowa and the Nancy Cree Keyboard Center. She is the co-founder and co-director, along with Dr. Rene Lecuona, of the Piano Festival of the Americas.

Regiane Yamaguchi

piano

Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte

É doutora pelo Cleveland Institute of Music em Piano Colaborativo, mestre pela Penn State University em pedagogia do piano, especializada em solo piano pela Hochschule für Musik Karlsruhe (Alemanha) e bacharel em piano pela Unicamp. Foi premiada por dois anos consecutivos tanto no “CIM Darius Milhaud Competition” quanto no “Penn State Graduate Exhibition”, e no Brasil acumula prêmios em concursos de piano e de música de câmara nacionais e internacionais, além de atuar intensamente como pianista camerista. Foi solista com a Orquestra Sinfônica de Campinas, CIM New Music Ensemble e Penn State Graduate Quartet e CIM Percussion Ensemble. Atuou com a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte e com a Orquestra Sinfônica da UFRN.

Foi professora por quatro anos do festival Summer Music on the Shannon (Irlanda) e participou de inúmeros importantes festivais com Aspen Music Festival, Festival de Inverno de Campos do Jordão, e Oficina de Música de Curitiba. Atuou recentemente como professora do Festival Internacional de Música de Campina Grande e da Semana da Música do IFPE-Sertão. Seus trabalhos acadêmicos já foram publicados no Brasil, EUA e recentemente publicou, pela editora alemã Springer, capítulo sobre equilíbrio de vozes e dinâmica ao piano. Regiane já atuou como professora na Penn State University e na Case Western Reserve University, foi pianista colaboradora no CIM e atua hoje como professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, colaborando tanto na graduação quanto na pós-graduação, além de coordenar curso aberto para a comunidade de iniciação ao piano infantil e adulto.

ENGLISH

Regiane Yamaguchi holds a DMA from the Cleveland Institute of Music in collaborative piano, a master’s degree from Penn State University in Piano Pedagogy and Performance, a Diplom Kunstlerisches Ausbildung in solo piano from the Hoschule für Musik Kalrsruhe (Germany) and a bachelor’s degree in piano from Unicamp. She was a prize winner for two consecutive years in the CIM Darius Milhaud Competition and in the Penn State Graduate Exhibition. In Brazil, she has also won several prizes in piano and chamber music national and international competitions, and frequently appears as pianist in chamber music. Regiane has been soloist with the Orquestra Sinfônica de Campinas, CIM New Music Ensemble e Penn State Graduate Quartet e CIM Percussion Ensemble. She has also performed with the Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte as well as with the Orquestra Sinfônica da UFRN. She taught for four years in the festival Summer Music on the Shannon (Ireland) and participate in several important musica festivals, such as Aspen Music Festival, Festival de Inverno de Campos do Jordão, e Oficina de Música de Curitiba. Her academic works have been published in Brazil, USA and, recently, by the German publisher Springer, a chapter on voice balancing and dynamics in piano playing. Regiane has taught at Penn State University as well as at CASE Western Reserve University, has been accompanying fellow ate CIM, and acts today as professor at UFRN at both undergraduate and graduates levels. She also coordinates a program that offers the community piano classes for both children and adult beginners.

 

Vídeos

Dra. Luciana Sayure

Natural de Santo André-SP, Luciana Sayure teve sua formação musical e pianística integralmente efetuada no Brasil, tendo concluído Bacharelado pela Faculdade de Artes Alcântara Machado (FAAM), Mestrado e Doutorado pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Reflete em seu trabalho influências de três personalidades do piano brasileiro: Marisa Lacorte, Yara Bernette - que lhe ofereceu uma bolsa de estudos - e Mauricy Martin. Foi premiada em diversos concursos de piano, tendo obtido os primeiros prêmios no I Concurso Nacional de Piano Arthur Moreira Lima, no XIII Concurso Nacional de Piano Paulo Giovanini, no I Concurso Nacional de Piano Lorenzo Fernandez e no Concurso Jovem Pianista. Suas atividades pedagógicas tiveram início aos seus 16 anos, como professora do Conservatório Santa Cecília, em Santo André SP. Posteriormente, integrou o corpo docente da Fundação das Artes de São Caetano do Sul, da Escola Municipal de Música de São Paulo e do Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos (Tatuí-SP). Desde 2007, é Professora dos Programas de Graduação e Pós-Graduação do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP) e, juntamente com o Prof. Eduardo Monteiro, desenvolve intensa atividade de formação com jovens pianistas e realiza ainda projetos de pesquisa e de extensão, destacando-se: a  Oficina de Piano USP, o Simpósio Performa Clavis Internacional e os  projetos A obra pianística de Alexandre Levy (1864-1892): concertos e gravação de CD” e  Em preto e Branco: recitais de piano e palestras acerca dos cursos oferecidos pelo CMU/ECA/USP em escolas de formação musical do Estado de São Paulo.

PAULO GAZZANEO

Pianista e Compositor

"Paulo Gazzaneo movimenta-se com perfeita naturalidade neste mundo romântico provando essa sua atração com as Polonaises de Chopin que nos apresentou. Possui toda a técnica de piano e a riqueza de sentimentos que este estilo exige de seus intérpretes". - Marianne Pándi, 1990 Magyar Nemzet, Budapeste

 

Faculdade Cantareira

Foi assim que o paulistano Paulo Gazzaneo começava a sua carreira internacional no velho continente, em recital de piano realizado na Kisterem da Liszt Ferenc Zeneművészeti Főiskola na cidade de Budapeste, Hungria.

A sua bem sucedida carreira está baseada em duas vertentes de seu trabalho, a interpretação e a pedagogia e, recentemente, tem se destacado na área da composição.

Mestre pela Unicamp - Universidade Estadual de Campinas sob a orientação do Prof. Dr. Mauricy Matos Martin, em sua formação acadêmica destacam-se as orientações de Amaral Vieira, Osvaldo Lacerda e Almeida Prado no Brasil, Hans Graf na Academia Superior de Música de Viena, Áustria e István Lantos, Ferenc Rádos e Marta Gulyás na Academia Superior Franz Liszt de Budapeste, Hungria.

Desde o seu retorno ao Brasil em 1993, fixou residência em São Paulo e assumiu como principal premissa de seu trabalho a execução e registro fonográfico de obras de compositores brasileiros, preferencialmente ainda ativos buscando valorizar a geração atual de criadores.

Como intérprete já dispõe de oito títulos em sua discografia, sete dos quais integralmente dedicados à música nacional. Como compositor, além de um registro fonográfico produzido em 2005 pelo selo PMC, já foi prestigiado pelo Harpyia Quartet (Grécia) em uma temporada de concertos pelos países da Europa Oriental em 2003. Em 2010 a Taiwan at Sun Yat-sen University utilizou o seu Trio para piano e cordas em seu repertório acadêmico.

Como recitalista e solista já se apresentou nos Estados Unidos, América Central, em todos os países da América do Sul e nos principais centros musicais europeus (Áustria, Alemanha, Bélgica, Hungria, Polônia, Espanha, Grécia, Bulgária, Inglaterra, Suíça), destacando-se a sua interpretação da integral dos Concertos para Piano de Mozart realizada em Budapeste em 1991, e recentemente uma bem sucedida temporada de concertos pelos Estados Unidos em 2012.

Como camerista desenvolveu entre 2002 e 2006 um importante trabalho de difusão do repertório contemporâneo brasileiro no Trio Retrato Brasileiro e atualmente confirma sua versatilidade técnica e estética no São Paulo Arte Trio, ao lado do violinista Paulo Calligopoulos e da violoncelista Ana Chamorro.

Como regente, fez sua estréia no cenário artístico brasileiro no mês de dezembro de 2011 frente a Orquestra Filarmônica do Brasil em concerto realizado na cidade do Rio de Janeiro.

Atualmente é docente da Faculdade Cantareira nas cadeiras de Linguagem e Estruturação Musical e correpetição, Diretor do Festival Música das Esferas - Festival Internacional de Música de Bragança Paulista, Diretor e Consultor da sessão internacional do Festival de Música Clássica de João Pessoa, pianista titular da Orquestra Filarmônica do Brasil, membro fundador do São Paulo Arte Trio e é representado artisticamente pela agência Weimar.

Gazzaneo é membro da American Liszt Society e British Liszt Society. 

 

Vídeos

Áudios

Mauricy Martin

Maurícy Martin, professor na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) se destaca por sua atuação como pianista e educador no Brasil, EUA, Itália, Sérvia, Argentina e Paraguai. Além de apresentações nas principais cidade brasileiras, também já se apresentou nos grandes centros culturais dos Estados Unidos e Argentina como Nova York, Washington DC, Chicago, Cincinnati, Indianapolis, Atlanta, Boston, Buenos Aires e Mar del Plata. Como camerista, colaborou com respeitados artistas, incluindo os brasileiros violoncelista Antonio Lauro Del Claro, soprano Niza Tank e contrabaixista Milton Masciadri, o alemão Martin Krasnenco barítono e clarinetista belga Walter Boykens. Como solista de orquestra, já tocou sobre a regência de Aylton Escobar, Benito Juarez, Claudio Cruz, Eduardo Ostergren, Julio Medaglia, Carlos Fiorini e Lutero Rodrigues. Seu estilo pianístico é reconhecido pelo seu "som claro, limpo e bonito". Sua apresentação da Sonata I de Alberto Ginastera em Raleigh (EUA) foi aclamada como “um das melhores apresentações..., mostrando musicalidade profunda e compreensão da alma interior da música, bem como uma facilidade técnica de mais alto nível”. Educador dedicado, Maurícy Martin traz consigo respeitada reputação nacional como professor e julgador em concursos. Como artista convidado já ministrou Master Classes nas principais universidades e escolas de músicas brasileiras; nos EUA na Georgia State University, Cinccinatti Conservatory of Music, Indiana State University, Meredith College, Western State University of Connecticut, Northwestern State University of Lousiana, Southern University, Universith of North Dakota; no Paraguai na Universidad Nacional de Asuncion e na Escola de Música Isidor Bajic na Sérvia. Mauricy Martin obteve o Mestrado na famosa escola de música da Indiana University e o Doutorado na Boston University onde foi discípulo do grande pianista americano Anthony di Bonaventura.

 

Vídeos

Dr. Alan Huckleberry

UIPianoped Wiki

Praised for his “impeccable musicianship, exhilarating technique, and panache” (American Record Guide), pianist Alan Huckleberry is recognized as a multi-faceted artist on the classical music scene.  He has performed both in recitals and as a soloist with orchestras in Germany, England, Czech Republic, Italy, Austria, Spain, France, Costa Rica, Colombia, and across the United States.

Huckleberry is also in demand as a chamber musician, with recitals across the United States, Australia, and Europe. He can be heard on five compact disc recordings on the Crystal Record, MSR and Albany Record labels. Two further CDs will be released in the fall of 2014.

In addition to his performing career, Dr. Huckleberry is equally passionate about his role as an educator.  He is currently associate professor of piano pedagogy and collaborative arts at The University of Iowa. There he heads the piano pedagogy program, which is now recognized as one of the leading programs in the nation.  He is a sought-after speaker on pedagogical topics, including talks at the World Piano Pedagogy Conference, the National Conference on Keyboard Pedagogy, and the Music Teachers National Conference.  At The University of Iowa, he also maintains a studio of national and international students, who themselves are beginning to leave their mark in their field.  In fact, all DMA graduates from his piano pedagogy program are now teaching at academic institutions across the country and abroad.    

A native of Indiana, Huckleberry began serious studies at the piano in Germany with Polish pianist Barbara Szczepanska.  Further studies at the conservatories of Karlsruhe and Cologne with Japanese pedagogue Naoyuki Taneda and German pianist Josef A. Scherrer solidified a diverse and international musical background. He then returned to the United States where he received his doctorate at the University of Michigan under the guidance of Arthur Greene (performance) and John Ellis (pedagogy).

Huckleberry’s repertoire not only includes the standard works of the piano literature, but he is an ardent supporter of new music and young composers, as seen by a long list of compositions which were written for him. Among the many 20th and 21st century styles he enjoys, he is particularly interested in contemporary rags and other crossover genres.

Dr. Huckleberry has recently embarked upon a massive video recording project.  Together with Dr. Jason Sifford, he is creating the largest known database of performances of piano pedagogical literature.  In the end, it will encompass some 9000 videos of beginning to intermediate repertoire.  The videos are available to all, free of charge, at YouTube. To go along with his video project, Dr. Huckleberry has created a Wiki style website, which includes piano pedagogical information on each recorded piece, as well as composer and publisher information. To visit this site, please click here.

 

Dr. Jovanni Rey de Pedro

www.jdepedro.com

Filipino-American pianist Jovanni-Rey V. de Pedro enjoys an artistic career that has brought him to concert venues and musical institutions in Asia, across NorthAmerica, South America, Australia, and Europe. Recent engagements have included concerto appearances with the Vienna Residenz Orchester, and solo recitals at London’s St. Martin-in-the-Fields, and the Irish World Academy of Music and Dance.

Winner of the Boesendorfer Stipendium and Grand Prizewinner of the FidelioCompetition sponsored by the City of Vienna’s Cultural Affairs Department, Jovannialso acquired top prizes at the United States Open Music Competition, Pacific Piano Competition in Canada, Ibiza Competition in Spain, the Beethoven Society of Europe’s Piano Competition in England, the American Protégé International Piano and Strings Competition, and the American Prize in Piano. He is also a recipient of the Isabelle Bond Gold Medal for Performance Excellence from Trinity College of Music in London. His artistic and educational activities have been further supported by grants from the Solti Foundation in Belgium, the Irish Arts Council, the American Women’s Association in Vienna, and the University of Idaho.

As a chamber musician, Jovanni has collaborated with numerous instrumentalists and singers. Together with Irish cellist Tara-Lee Byrne and Portuguese clarinetist Sergio Neves, he founded the TaRvangIO in 2008. They made their debut at the Yamaha Chamber Music Series in London, and recently joined with Hungarian violinist Gwendolyn Masin for a tour of Ireland performing Messiaen’s Quartet for the End of Time. TaRvangIO continues to bring entertaining and innovating programs to audiences in the USA and Europe.

Jovanni’s academic research and pedagogical interests have led to numerous presentations for the Music Teachers National Association (MTNA), College Music Society (CMS), European Piano Teachers Association/World Piano Teachers Association, and was a keynote speaker and recitalist for numerous conferences in Australia. Passionate about the next generation of pianists and teachers, he has chaired the Young Professionals Track at the MTNA National Conference, and currently serves as advisor for the University of Idaho’s MTNA Collegiate Chapter, and co-founder and committee chair of the MTNA Piano Pedagogy Symposium – an annual national conference for college students and young professionals. 

A California native, Jovanni holds a Konzert Diplom (with auszeichnung) from the Vienna Conservatory in Austria where he spent six years as a scholar of the ASCAP/Leiber and Stoller Foundation, a Master of Music from Trinity College of Music in London, and a doctoral degree in Piano Pedagogy and Performance from the University of Michigan. He has worked with pianists Robert Ward, Aries Caces, Gerhard Geretschlaeger, Yonty Solomon, Mikhail Kazakevich, Deniz Gelenbe, and Louis Nagel, and coached with Menahem Pressler, Martino Tirimo, and Pierre Laurent Aimard. He received additional studies in pedagogy with John Ellis, and collaborative piano with Christopher Harding and Eugene Asti.

Dr. de Pedro recently served as a visiting professor of music at Millsaps College in Jackson, Mississippi and instructor of piano and chamber music at the Levine School of Music in Washington, D.C. He recently joined the faculty at the University of Idaho's Lionel Hampton School of Music as an assistant professor of piano and piano pedagogy, and co-director of the preparatory music program. www.jdepedro.com.

Pitágoras Gonçalves

www.percebemusic.com
percebe-free-trial

Começou estudar piano aos 4 anos de idade. Motivado pelas aulas, Pitágoras foi tomado por uma curiosidade que o levou a estudar mais e mais. Ele foi do ensino técnico ao bacharelado, mestrado e doutorado. Pitágoras estudou piano clássico com os pianistas Fernando Lopes, Alex Pascoal, Mauricy Martin, Daisy de Luca Jaffé e Michael Gurt. Ele também estudou piano jazz com Rafael dos Santos e Willis Delony.

            Dr. Pitágoras participou de várias gravações como pianista, organista e arranjador. Ele se apresenta regularmente no Brasil e Estados Unidos como solista ou como acompanhador de sua esposa Cléusia, que é regente.

            Durante seus estudos no doutorado, sua pesquisa o levou a explorar e entender melhor a percepção humana com relação ao timbre do piano. Esta pesquisa foi feita em colaboração com o professor Márcio de Queiroz da Universidade Estadual da Louisiana (LSU). Baseado nos resultados de sua pesquisa, somado aos mais de 15 anos de experiência como professor universitário, Dr. Pitágorasinventou e desenvolveu um software chamado Percebe™, que é o único no mundo capaz de avaliar elementos de expressividade quando alguém estuda piano.

            Dr. Pitágoras atua como professor de piano e órgão na universidade Pensacola Christian College, na Flórida e também é CEO e presidente da companhia Percebe Music Inc.

Videos

“Pristine technique … passionate playing.”  
-- The Washington Post

Dr. Alejandro Cremaschi

Pianist Alejandro Cremaschi, a native of Argentina, teaches piano and piano pedagogy as Associate Professor at the University of Colorado at Boulder. His playing has been described as “pristine” and “passionate” by the Washington Post, and “polished” and “exemplary” by the Fanfare magazine. He received a Master’s and a Doctorate degree in Piano Performance from the University of Minnesota, and undergraduate degrees from the University of Maryland Baltimore County and the Universidad Nacional de Cuyo in Argentina. He studied piano with Dora De Marinis, Nancy Roldan and Lydia Artymiw. His repertoire includes works by American, Latin American and Argentine composers such as George Crumb, Carlos Guastavino, Juan Jose Castro, Luis Jorge Gonzalez and Alberto Ginastera. Praised as an intelligent and sensitive pianist, he has played in numerous cities worldwide, including Buenos Aires, Guadalajara, Montreal, Pittsburgh, London, Washington, Kuala Lumpur and New York. He was a prizewinner at the International Beethoven Sonata Piano Competition in Memphis, Tennessee in 2001.

Mr. Cremaschi is in demand as a specialist in Latin American piano music. He is the editor and recording artist for the revised pedagogical edition of Alberto Ginastera’s Twelve American Preludes Op. 12, published by Carl Fischer Publishing in October 2016. This edition includes a recording, editorial notes and pedagogical strategies. He has offered numerous presentations on this repertoire and other pedagogical topics at national and international teacher conferences such as the International Society for Music Education and the Music Teachers National Association conventions. Between 1996 and 2002, he was a member of the Argentine Foundation “Ostinato,” founded and directed by his former teacher Dora De Marinis, a specialist in the work of Alberto Ginastera. As a member of this foundation, and in collaboration with other members, he recorded Argentine music for the labels IRCO, Ostinato and Marco Polo, and participated in concert tours in the US and Europe.  Starting in 2004, he collaborated with, and premiered many works by the Argentine composer and CU professor emeritus Luis Jorge Gonzalez, until his passing in 2016. His recordings of solo and chamber music by Dr. Gonzalez’s have been released in the CDs Las Puertas del Tiempo (2009), Fervor (2012) and Tango: Body and Soul (2015) by the British label Meridian Records. Las Puertas del Tiempo was praised by Fanfare Magazine as “exemplary.” 

In addition to Latin American music, Cremaschi’s pedagogical focus includes group piano, technology-aided instruction and cooperative learning. He has been a frequent presenter at the National Conference in Keyboard Pedagogy, the Group Piano and Piano Pedagogy, CMS, MTNA, MENC and ISME national and international conferences. His pedagogical reviews and articles have appeared in the Keyboard Companion, Clavier, the MTNA e-Journal, the American Music Teacher magazines, Research Studies in Music Education journal, the European Piano Teachers Association Piano journal, Journal of Technology in Music Learning, and the Piano Pedagogy Forum on-line journal.